A DANÇA DA COPA.

Dançar é bom demais. Para quem nunca experimentou fazer uma aula na academia, aconselho viu?

Algumas academias já têm Dance Mix, que mistura vários ritmos, e Zumba Fitness, uma mistura de Zumba com ginástica.

A dança não é aquele exercício que vai te dar um grande ganho de massa muscular, definição…

Mas que é divertido, ah isso é.

Além disso, segundo os profissionais de educação física, você mexe quase todos os músculos, inferiores, superiores, costas, abdômen.

E de cara, ganha um molejo, uma requebrada.

E o gasto calórico?

Cerca de 600 calorias em uma hora de aula, está bom para você?

Para mim, está ótimo. Hahahaha.

Na verdade, gostaria que fosse bem mais, mas já que não dá. Fazer o quê?

E os professores da academia Bodytech do Rio de Janeiro estão ousando ainda mais em época de Copa do Mundo.

Estão inventando danças pra lá de animadas para levantar a torcida.

Eles marcaram uma data para que todas as alunas fossem vestidas com as cores dos países que vão participar da Copa.

Eu fui de Brasil, é claro. Mais colorida, impossível.

024

Agora, vejam as coreografias. Não me procurem, porque vai ser como procurar Wally. Hahahaha.

Afinal não sou nenhuma morena ou loira do Tchan.

Vamos começar com uma música da Ivete chamada Tempo de Alegria. A letra define bem esse espírito de união e alegria da copa.

Na letra ela diz: “Taõ bonito esse mar de mãos./ Felicidade transbordando em mim.”

E o refrão repete a palavra que mais queremos nessa copa: alegria

Veja a coreografia:

 

Agora a música da copa, que fala: ” Vem que vai começar, o mundo num só lugar.”

Bacana né?

A gente até fica mais empolgado mesmo. E como você pode ver o importante não é fazer a coreografia de forma perfeita. As alunas são de todas as idades, e algumas nem fazem o movimento completo da dança, porque não conseguem mesmo. Mas isso está em segundo plano. O que importa aqui é a vontade de torcer e requebrar. Hahaha.  134Meu grande beijo para os dois “Leandros dançarinos”, os professores que fazem a alegria das alunas.

Sempre de alto astral.

É isso que a música e a dança proporcionam em nossas vidas.

Como diz Ivete: Alegria, alegria.

“Bora” torcer galera.

Vai Brasil. Beijão.